Vender Usado – Como fazer o anúncio – Motorguia
Ligue-se connosco

Usados

Vender Usado – Como fazer o anúncio

Published

on

Quer vender o seu carro, mas não sabe o que dizer para gerar interesse nos potenciais interessados? Siga estes passos…

A forma como anuncia o seu carro pode ser determinante na rapidez da venda ou estar uma eternidade à espera de comprador. O número de interessados no seu carro depende da forma como o apresenta. E se alguém conhece bem o carro que está a ser colocado à venda é você.

Existem um conjunto de regras simples que deve observar no momento de vender o seu carro.

NÃO INVENTE MENTIRAS – Não se meta em confusões e evite passar vergonhas perante os interessados ao inventar atributos que o seu carro não tem. Seja sincero no que vai escrever e não faça os possíveis compradores perderem tempo e deslocações para verem um carro que afinal não lhes interessa. Não gostaria que fizessem o mesmo consigo. Infelizmente este tipo de episódios é frequente na venda de usados.

INFORMAÇÃO RELEVANTE – Não faça textos intermináveis sobre o seu carro. Escreve aquilo que é realmente relevante e pode ser determinante no negócio. Como por exemplo:

– Ano de registo
– Placa de matrícula visível
– Quilómetros
– Revisões feitas recentemente e se tem livro de revisões atualizado
– Cor
– Lista de equipamento de série e opcionais
– Contactos telefónicos
– Preço

Estes são os itens principais. Poderá adicionar outros que entenda relevantes, inclusive danos na chapa ou pintura, estado dos pneus, da bateria, rasgos nos estofos, etc.

FOTOGRAFIAS CUIDADAS – Lave e aspire o seu carro e retire todos os pertences do interior e da bagageira antes de fotografar. Tire fotos de preferência à sombra mas com uma boa luz em todos os ângulos, num local com pouco “ruído” visual onde o carro se destaque e não o jardim ou o muro com grafitis. Um fundo com uma parede de cor neutra é uma boa solução.

Fotografe a frente, a traseira, de perfil e ao redor do veículo no que respeita a fotos exteriores. Tente fotografar todo o interior, tablier, consola, painel de instrumentos, bancos traseiros e bagageira.

Use o máximo de fotos que o site de anúncios lhe permitir. São as fotos que vão criar o interesse no comprador, a par das informações relevantes.

SIGLAS ESTRANHAS – Nem todas as pessoas sabem o que significam siglas com ASR, CVT, ETC, DSG, EBD, entre muitas outras. Descreva o equipamento e para que serve.

TEXTOS AGRESSIVOS – Evite ser corrosivo no seu texto com frases “pode trazer 3 mecânicos”, “escusam de pedir desconto”, “o preço não é negociável”, “ofertas absurdas nem respondo”, e outro tipo de recados que demonstram ao comprador que não é uma pessoa flexível e capaz de manter um diálogo de negócio. Se enviarem propostas absurdas apenas terá de as declinar ou nem responder, se vierem por mail ou sms. Ignore o que não é do seu interesse.

É normal que o comprador tente baixar o preço, faz parte da cultura de compra de carro usado. Cabe-lhe a si contrariar isso com os seus argumentos e com a qualidade do veículo que está a vender.

 

Usados Motorguia

 

Clique para comentar

Deixe a sua resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Manutenção

Os segredos das escovas

Published

on

Garantir uma boa visibilidade é uma das condições chave para uma condução segura e nesse campo as escovas limpa para-brisas são determinantes. Por isso aqui o ajudamos a identificar quando estão a ficar gastas e como mantê-las em bom estado de funcionamento.



Há vários sintomas que indicam que as escovas não estão em bom estado:

– O ruído
O típico chiar das escovas no vidro quando estão a funcionar pode indicar que a borracha está ressequida ou deformada.
– Vibrações
Quando a escova faz alguma vibração ou até parece saltar isso pode indicar que já deformou ou que o adaptador da haste não é o correto ou já não está em condições.
– Marcas no vidro
Se a escova deixa marcas de arrasto no para-brisas isso também pode indicar que a borracha está envelhecida ou deformada.
– Falhas no funcionamento
Se a escova falha especialmente quando está no ritmo mais elevado isso indica que está na hora de ser trocada.

Como manter as escovas em bom estado

– Mantenha o vidro limpo
A sujidade e os insetos agarrados no vidro podem deformar e danificar as escovas. Se o vidro estiver limpo consegue evitar esse desgaste na borracha.
– Limpe as escovas
A própria borracha acumula poeiras e sujidade por isso sempre que limpar o vidro, limpe também a borracha das escovas.
– Cuide das hastes
Veja sempre se as hastes, os adaptadores e as articulações estão em bom estado. Só assim é feita uma pressão correta da borracha sobre o vidro evitando o desgaste prematuro.
– Escolha bem o líquido do limpa para-brisas
Evite produtos com elementos abrasivos que sendo eficazes na limpeza do vidro podem, no entanto, danificar a borracha tornando-a ressequida e quebradiça.

Continuar a ler

Manutenção

Saiba como poupar os seus travões

Published

on

Os travões são dos elementos mais determinantes na segurança de um veículo e devem ser utilizados de forma eficaz e garantir que estão em bom estado para que o seu rendimento seja o ideal.



Saber utilizar bem o sistema de travagem pode ajudar a reduzir o seu desgaste e com isso marcar pontos tanto na segurança como na carteira, pois dessa forma só terá de substituir as pastilhas, ou até os discos, mais tarde, do que se abusar dos travões.

Assim, conduza de forma suave sem abusar de acelerações ou travagens bruscas. Quando travar o ideal é que pressione o pedal com convicção no início da travagem e depois vá aliviando o pé reduzindo o esforço. Não deixe demasiado tempo o pé no pedal. Desta forma causa menos desgaste nas pastilhas, nos discos e na própria bomba de travões pois está a causar menos desgaste nos componentes devido à fricção ou ao sobreaquecimento.

Sempre que possível recorra ao efeito de travão motor utilizando a caixa de velocidades de forma a que seja o rendimento do motor a “segurar” o carro em vez de ir sempre “pendurado” nos travões.

Desta forma os elementos do sistema de travagem mantêm o seu bom estado durante mais tempo com óbvios benefícios para a condução, segurança e custos de manutenção.

Continuar a ler
Publicidade

Newsletter

Em aceleração