Jaguar cria um carro com olhos – Motorguia
Ligue-se connosco

Curiosidades

Jaguar cria um carro com olhos

Published

on

A Jaguar investigou e descobriu que muitos peões não confiam nos carros autónomos no momento de atravessar uma passadeira.

Muitas pessoas, ou a grande maioria, a primeira coisa que fazem antes de atravessar uma rua é olhar para o motorista do carro que se aproxima para ver se ele as viu, é um tipo de linguagem não-verbal que lhes permite saber se podem atravessar sem ter risco de atropelamento. Com a chegada dos carros autónomos isso desaparecerá, já que teremos que confiar cegamente nos sistemas do veículo e acreditar que ele nos detetou ao atravessar uma rua.

De acordo com uma investigação da Jaguar Land Rover (JLR), 63% dos peões temem por sua segurança ao atravessar uma rua quando um carro que não tem motorista se aproxima. Este número teria aumentado após a tragédia no Arizona, quando um carro autónomo Uber atropelou e matou uma mulher, então a confiança dos peões é muito baixa comparada a esses tipos de veículos.

Dada esta situação, a Jaguar contratou uma equipe de psicólogos cognitivos para ajudá-lo a aprender mais sobre como o comportamento dos veículos afeta a confiança dos seres humanos diante das novas tecnologias. É assim que nasceu o ‘UK Autodrive Project’, que conta com o apoio do governo do Reino Unido e é baseado em “testes de confiança”.

Foi assim que eles projetaram um carro autónomo com dois olhos criados a partir de telas de LED, que são conectados aos sensores do carro e ver onde eles detetam objetos, o que faz com que eles diminuam o ritmo ou parem completamente.

Os primeiros resultados deste experimento mostraram que a confiança do peão aumentou consideravelmente, já que os olhos do veículo seguiram o peão ao atravessar a rua, o que acalmou as pessoas ao enviar a mensagem de que o carro as estava observando.


Curiosidades

Cão salva dono num acidente

Published

on

Foi nos arredores da cidade de Lebanon, no estado de New Hampshire, nos Estados Unidos que um pastor alemão salvou a vida do seu dono após este ter tido um grave acidente.



Com neve, o dono, Cam Laundry perdeu o controlo da sua pick-up e como não usava o cinto de segurança, acabou por ser projetado para fora do veículo após este ter capotado.

O seu pastor alemão Tinsley partiu à procura de ajuda e a polícia local começou a receber chamadas de um animal perdido na estrada. Ao encontrar Tinsley, este começou a guiá-los até ao local do acidente onde Laundry já começava a sofrer de hipotermia.

Prontamente assistido, este homem deve a vida ao seu cão e não hesita a afirmar que foi mesmo “um milagre” estando eternamente grato ao seu fiel amigo.

Continuar a ler

Curiosidades

Um mundo de Porsches cor-de-rosa

Published

on

A ideia foi do fotógrafo polaco Tomek Makolski que imaginou como seria o mundo futuro só com modelos Porsche Taycan cor-de-rosa e tratou de criar um conjunto de imagens desse universo imaginário.



De início pode pensar-se que ele se limitou a fotografar um Porsche Taycan cor-de-rosa e que todo o restante trabalho foi feito em ferramentas digitais de edição de imagem, mas tal não foi o caso.

Makolski pegou num Porsche Taycan real e colocou-o em cada uma das posições que se vê nas fotos fazendo depois uma sobreposição de cada uma das imagens gerando assim a noção de conjunto e quantidade.

Portanto, todos os Porsche e locais onde foram fotografados são reais.

Continuar a ler

Curiosidades

Estradas cortadas por causa de caranguejos

Published

on

Todos os anos na Ilha do Natal, na Austrália, a população depara-se com um contratempo algo insólito nas suas deslocações diárias: a migração do caranguejo vermelho.



São milhões de caranguejos que se deslocam para o oceano e que de um momento para o outro invadem a ilha e consequentemente também as estradas que têm de ser cortadas para não haver interferência com a migração desta espécie protegida na Austrália e também para garantir a segurança dos condutores e ocupantes dos veículos.

Conscientes da importância desta espécie para o ecossistema e também para o turismo da ilha, que é quase toda ela um parque natural, os habitantes já estão habituados a esta migração anual que inevitavelmente obriga a este encerramento de inúmeras estradas para que não haja atropelamentos em massa de caranguejos, que comprometeriam a espécie e o seu equilíbrio, ao mesmo tempo que poderiam por em risco também os utentes da via.

Continuar a ler
Publicidade

Estamos no Facebook

Newsletter

Em aceleração